Ronaldo Carletto: 09 deputados baianos que salvaram Temer enfrentam inquéritos no STF


28/10/2017 19h23

 

 

Dos 14 deputados federais baianos que salvaram o presidente Michel Temer de enfrentar um processo no Supremo Tribunal Federal (STF) no exercício do mandato ao votar pelo arquivamento da segunda denúncia contra ele, nove são alvos de investigação na Corte.

É o que aponta um levantamento realizado pelo Bahia Notícias. O número é mais da metade da quantidade de parlamentares que votou contra a continuidade da ação daProcuradoria-Geral da República (PGR).

Entre eles, o campeão de inquéritos na Corte é João Carlos Bacelar (PR), que é alvo de seis investigações. Mário Negromonte Júnior vem em segundo lugar, com três inquéritos. Dividem o pódio no terceiro lugar Roberto Britto (PP) e Lúcio Vieira Lima,ambos alvos de outros dois procedimentos investigatórios.

Arthur Oliveira Maia (PPS), Benito Gama (Pode), Cacá Leão (PP), Ronaldo Carletto (PP) e José Carlos Aleluia (DEM) são investigados em um inquérito, cada. Na votação da última quarta, 25 de outubro, no entanto, os 14 parlamentares da Bahia não foram maioria. No âmbito estadual, 21 deputados do estado foram a favor do prosseguimento da denúncia contra Temer e os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, ambos do PMDB.

BN