Combustíveis têm aumento em 2018 e gasolina bate recorde


11/01/2018 11h08

 

 

Os combustíveis registraram aumento nos preços médios na primeira semana de 2018 nos postos do país, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgado nesta terça-feira. O litro da gasolina subiu de 4,099 reais, na última semana de dezembro, para 4,151 reais, no período entre 1º e 6 de janeiro.

É a décima semana seguida de alta, e o maior valor registrado na série histórica da ANP. A pesquisa leva em conta o valor cobrado dos consumidores em 5.398 postos, mas não considera a variação da inflação no período.

Na primeira semana de janeiro, o preço do combustível vendido pela Petrobras nas refinarias às distribuidoras teve redução de 3,5%. A estatal fez quatro reajustes no período, segundo política de revisão adotada desde julho do ano passado. A alta acumulada desde então é de 24,4%. Os postos têm liberdade para estabelecer o preço final, mas o valor pago nas distribuidoras é um componente nessa conta.

O preço do diesel também subiu pela segunda semana consecutiva, com o litro sendo vendido a  3,479 reais, segundo dado de 4,224 postos. O combustível também é vendido pela Petrobras, e teve queda de 2,2% para as distribuidoras. O etanol registrou a quarta alta consecutiva, sendo vendido a 2,946 reais por litro, em média.

Veja