Caravelas: Moradores denunciam descaso em área usada como aterro sanitário em Barcelona


07/12/2017 12h30

 

 

Viviane Moreira \ Verdades Políticas

 

Nossa equipe de reportagem recebeu a denúncia de moradores de Barcelona, distrito de Caravelas, sobre as condições de uma área, utilizada pela prefeitura como aterro sanitário, localizado as margens da pista de acesso a entrada do distrito.

No local, lixos espalhados, ossos e restos de animais mortos, forte mau cheiro, deixam a via intransitável, e a proliferação de moscas invadindo os veículos são relatados.

“É um absurdo. Não podemos nem deixar os vidros do carro aberto, porque as moscas invadem. O fedor é insuportável, alheio a tudo isso, existe os contaminantes, pois o lixo não pode ser simplesmente depositado em uma área de terra sem nenhum tipo de cuidado. Estamos vivendo um descaso, os riscos para saúde podem ser graves.”. Declarou uma moradora.

Conforme a NBR 8419/1992 da ABNT o aterro sanitário também é uma técnica de disposição de resíduos sólidos urbanos no solo, sem causar danos à saúde pública e ao meio ambiente, minimizando os impactos ambientais. Tal método utiliza princípios de engenharia para confinar os resíduos sólidos à menor área possível e reduzi-los ao menor volume permissível, cobrindo-os com uma camada de terra na conclusão de cada trabalho, ou intervalos menores, se necessário.

A Política Nacional de Resíduos Sólidos brasileira (Lei 12.305/2010) determina que a gestão e o gerenciamento de resíduos sólidos deve obedecer a seguinte ordem de prioridade: Não Geração – Redução – Reutilização – Reciclagem – Tratamento e somente em última hipótese a disposição final ambientalmente adequada somente dos rejeitos. Se faz necessário a capacitação de agentes que trabalhem com resíduos no sentido de compreender as maneiras de se cumprir a legislação contribuindo assim para o desenvolvimento de um mercado com negócios bilionário e grandes oportunidades para consultores e empreendedores além de gerar emprego e renda para catadores e pessoas de baixa renda.